10 jogos para PC dos anos 90 que ainda se mantêm

0

Só porque um jogo é antigo, não significa que não vale a pena jogá-lo. Estes jogos provam que os clássicos dos anos 90 são tão divertidos como sempre.

Os jogos para PC têm uma história longa e repleta de grandes títulos, incluindo a ascensão e queda de empresas fantásticas e a inovação que manteve a indústria em movimento. Enquanto alguns dos jogos lançados antes da virada do milênio envelheceram um pouco mal graças às baixas resoluções ou à falta de opções de acessibilidade, alguns resistiram ao teste do tempo.

Esses títulos podem ter uma base de fãs muito leais ou ter uma jogabilidade que funciona muito bem para ser ignorada. Alguns ainda têm comunidades ativas e alguns até foram reconstruídos do zero para funcionar em máquinas modernas. Todos eles permanecem como grandes títulos do passado. Sem mais delongas, vamos a nossa lista de jogos.

Myst (1993)

Fonte: Captura de tela do jogo

Outrora o jogo para PC mais vendido de todos os tempos até o surgimento de The Sims, Myst é um dos jogos de quebra-cabeça mais icônicos de todos os tempos. Myst lida com um misterioso livro mágico que transporta o jogador para uma ilha deserta cheia de quebra-cabeças.

O que era único neste jogo era a maneira como ele contava sua história. O jogador só aprende sobre si mesmo por meio da interação com os NPCs do jogo e os diários e cartas encontradas em todo o jogo. Com relançamentos em grande quantidade, Myst é facilmente acessível para jogadores que desejam revisitar este clássico.

Age Of Empires 2: The Age Of Kings (1999)

Fonte: Captura de tela do jogo

Seguindo o sucesso do Age of Empires, Age of Empires 2 baseia-se nos recursos do original e cria uma nova experiência estratégica que cativou os fãs. Situado no período medieval com diversos cenários baseados em figuras históricas, Age of Empires 2 pode reivindicar o interesse de muitos fãs na história.

Este jogo de estratégia em tempo real também apresentava modos de jogador único e multijogador que deixaram muitos viciados no gênero. Um remake com o subtítulo ‘Edição Definitiva’ agora pode ser comprado na Steam para aqueles que ainda anseiam por este ótimo jogo da velha guarda.

Theme Hospital (1997)

Fonte: Página oficial do jogo na Origin

As únicas coisas que um jogo de simulação de gerenciamento realmente precisa para ter sucesso, ao que parece, são uma boa codificação e uma pitada de humor. Pelo menos, foi isso que o Theme Hospital pareceu provar. Cheio até a borda com humor britânico, brilho e gráficos limpos, este jogo é tão atraente quanto satisfatório.

Treinando o jogador para lidar não apenas com os problemas de seus pacientes, mas também com os de sua equipe, o Theme Hospital tipificou os jogos de simulação em que os jogadores têm que manter muitos números estáveis ​​e muitas pessoas felizes. Hoje em dia, o jogo ainda é visto de forma brilhante, mas os fãs definitivamente vão querer procurar CorsixTH, um remake em HD de código aberto que funciona contanto que o jogador possua o jogo legalmente.

Diablo (1997)

Fonte: Página oficial do jogo na GOG.com

Diablo deu aos jogadores dias e dias de jogabilidade ao longo dos muitos anos desde sua publicação. Enquanto Diablo 2 permanece mais um clássico culto do que o original, não pode ser ignorado que Diablo codificou muitos dos recursos que os jogos baseados em saque usam hoje, como raridades codificadas por cores e progressão incremental baseada em pontos de habilidade.

Embora o jogo possa ser um pouco trabalhoso para rodar hoje em máquinas mais modernas, ainda há uma comunidade ativa de modders que lançaram correções de bugs, melhorias gráficas e até mesmo grandes revisões que significam que os saques nunca param.

Dungeon Keeper (1997)

Fonte: Página oficial do jogo na Origin

Pegar aspectos dos jogos de gerenciamento e misturá-los com o gênero de estratégia em tempo real já seria uma receita para o sucesso, mas a Bullfrog foi em frente e fez do jogador o vilão para o máximo de pontos legais. Dungeon Keeper tem o jogador no papel de um overlord do mal que deve reunir um exército de malfeitores para atacar heróis e guardiões rivais.

O jogo começou com um minigênero próprio, com sucessores espirituais como War for the Overworld e a franquia Dungeons obtendo grande sucesso como resultado. Hoje, porém, o original ainda é uma experiência de jogo apertada que pode ser aprimorada utilizando o pacote de expansão de fã gratuito, KeeperFX, que melhora a jogabilidade e os gráficos.

The Curse Of Monkey Island (1997)

Fonte: Página oficial do jogo na Steam

A Guybrush Threepwood teve uma grande reformulação gráfica em sua mudança de Monkey Island 2: LeChuck’s revenge para este jogo. The Curse of Monkey Island mostra o aspirante a pirata acidentalmente lançar uma maldição em sua própria esposa e viajar por várias ilhas para encontrar a cura.

Repleto de um humor encantador, personagens memoráveis, uma bela trilha sonora e os quebra-cabeças genuinamente envolventes pelos quais a LucasArts era famosa, The Curse of Monkey Island é um destaque do gênero.

X-COM: Terror From The Deep (1995)

Fonte: Página oficial do jogo na Steam

Logo atrás do assustador e popular X-COM: UFO Defense, X-COM: Terror from the Deep enviou os jogadores para o fundo da água lutando contra alienígenas tortuosos em locais aterrorizantes. O jogo é basicamente um pacote de expansão do original, mas ainda funciona maravilhosamente bem com os padrões da série. As escaramuças subaquáticas são mais claustrofóbicas, e a tradição detalhada é muito divertida.

Jogar este e o original hoje são feitos fáceis graças à ampla acessibilidade nas lojas da Internet. Apesar disso, é altamente recomendável usar o OpenXCOM e sua infinidade de correções de bugs para garantir que os jogadores tenham a experiência mais tranquila.

Sid Meier’s Alpha Centauri (1999)

Fonte: Página oficial do jogo na GOG.com

Sid Meier’s Alpha Centauri pega o gameplay de Civilization e o atira milhares de anos-luz para o céu. Este jogo é ambientado em um planeta no sistema Alpha Centauri onde o jogador assume o controle de um conjunto de líderes que exemplificam uma certa filosofia, como capitalismo ou iluminação religiosa.

O que torna este jogo tão interessante é como tudo é bem pensado, desde o conhecimento na árvore de pesquisa até as diferentes maneiras como os jogadores podem interagir com o planeta (e as maneiras como o planeta pode interagir com os jogadores). Enquanto a Firaxis lançou Civilization: Beyond Earth em 2014 como um sucessor espiritual, muitos fãs ainda preferem o original pela atenção aos detalhes e fator de nostalgia.

Doom (1993)

Fonte: Página oficial do jogo na Bethesda

O grande pai de todos os FPS, Doom é um ícone por muitas razões. Com os jogadores assumindo o papel de um fuzileiro espacial com apenas um pouquinho de sede de sangue, Doom continua sendo uma parte significativa da história dos jogos para milhares de jogadores.

O legado de Doom é bem conhecido e bem documentado, e a franquia ainda está produzindo sucessos até hoje. Parece que o mundo dos jogos pegou o bug da matança de demônios em 1993 e nunca mais se recuperou, e com dezenas de mods e revisões disponíveis para os jogadores baixarem, o jogo também estará sempre novo.

RollerCoaster Tycoon (1999)

Fonte: Página oficial do jogo na Steam

Os parques temáticos podem ser muito tão divertidos de ver através de uma tela quanto na vida real, e isso é provado pelo sucesso absoluto do RollerCoaster Tycoon e seus sucessores espirituais. Administrar um parque não é tarefa fácil, mas os jogadores têm uma grande variedade de ferramentas e opções que fazem ser fácil passar horas nisso.

De alguma forma, a combinação de construir montanhas-russas, decorar o parque e até mesmo escolher a cor dos guarda-chuvas vendidos aos clientes funciona incrivelmente. Cores bonitas e gráficos simples e limpos também não atrapalham. O jogo é tão bem construído que ainda hoje pode ser difícil avançar para títulos mais modernos. Isso é ainda mais difícil com a existência do Projeto OpenRCT2, que é mais um remake em HD de código aberto do jogo que funciona com cópias legítimas do RollerCoaster Tycoon e sua sequência.

Essa foi nossa lista dos jogos dos anos 90 que ainda fazem sucesso atualmente. Comente abaixo se você acha que deixamos algum jogo de fora dessa lista ou se ficou com saudade de algum desses jogos. Se cuidem e até a próxima!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.